Biografia

Nicole Houston Reed nasceu em West Los Angeles, Califórnia, EUA, a 17 de maio de 1988 e é uma argumentista e actriz. Ela tornou-se conhecida em 2003, depois de ter participado no filme Aos Treze, no qual ela co-escreveu o argumento. Reed, desde então, apareceu em vários filmes, incluindo Os Reis de Dogtown e Sedutora e Diabólica. Ela também integra o elenco da saga Crepúsculo, como Rosalie Hale.

 

Nikki Reed nasceu na Califórnia, mas morou em Red Bud, Illinois até aos dois anos de idade. Ela é filha de Cheryl Houston, uma esteticista e Seth Reed, um cenógrafo. Tem um irmão mais velho, chamado Nathan August Reed que nasceu a 23 de novembro de 1986. O pai de Reed é judeu e a sua mãe é de ascendência italiana e Cherokee; Reed foi criada sem religião, mas ela cresceu em torno do judaísmo.

Reed descreve a vida na sua casa como "complicada". Os seus pais divorciaram-se quando ela tinha dois anos, e ela cresceu com a sua mãe em Culver City, Califórnia. Ela descreve-se como sendo "tímida, e silenciosa como uma biblioteca", mas aos doze anos, enquanto frequentava a Palms Middle School, tornou-se rebelde e emocionalmente instável. A relação entre Reed e a sua mãe tornou-se tensa quando ela experimentou drogas, álcool e sexo. Aos catorze anos, Reed foi emancipada; então mudou-se e começou a viver no seu próprio mundo. Reed não tinha qualquer desejo de se tornar actriz.

 

Após o sucesso de Aos Treze, Reed retornou à sua escola em Los Angeles, mas saiu novamente após um ano. Ela citou as suas experiências envolvendo "mães que estavam a andar sorrateiramente na escola na hora do almoço para confrontá-la e assediá-la sobre o filme", como o motivo da sua saída da escola. Reed posteriormente recebeu aulas particulares em casa e acabou por receber o seu diploma do ensino médio. Reed divide o seu tempo entre Nova York e Los Angeles. Ela mantém uma estreita amizade com a estrela de Crepúsculo, Kristen Stewart e com a co-estrela de Aos Treze, Evan Rachel Wood e a directora Catherine Hardwicke. Actualmente esta solteira, de acordo com o E! Online, Nikki confirmou o fim do romance com o grego Paris Latsis, durante a cerimónia dos MTV Movie Awards 2010.

 

Reed e a directora Catherine Hardwicke acabaram o script para o semi-autobiográfico filme Aos Treze, em seis dias, um tempo relativamente rápido para Hollywood. Os produtores pediram a Reed para desempenhar o papel de "Evie Zamora" no filme porque não estavam a encontrar ninguém melhor para interpretar a rapariga . Relutantemente Reed acabou por concordar. O filme, com Evan Rachel Wood, foi lançado em 2003 e recebeu brilhantes críticas, dando a Reed reconhecimento em Hollywood tanto como actriz quanto argumentista. Após o lançamento do filme, Reed também apareceu no programa Ellen DeGeneres Show e recebeu alguns prêmios e indicações, pelas suas actuações como argumentista e actriz.

 

O filme Aos Treze retrata as experiências de Nikki, a partir do turbulento ano anterior. Inicialmente ele foi concebido para ser uma comédia leve, mas em vez disso, evoluiu para o que é conhecido. O filme, parcialmente autobiográfico, descreve a sua vida como uma rapariga rebelde e trata de temas como sexo, drogas e conflito com os pais. A personagem "Tracy" foi baseada em Nikki e é interpretada por Evan Rachel Wood. Nikki, por sua vez, interpreta a sua melhor amiga, "Evie Zamora" - que era uma personagem composta pelas raparigas que Nikki e Catherine conheciam - mas em geral, foi realmente baseado numa parente de Catherine. Nikki estava realmente a trabalhar como directora assistente em Aos Treze, auxiliando outras raparigas na audição, já que ela tinha pouco interesse em trabalhar na frente das câmeras.

 

Reed continuou a retratar adolescentes sexualmente promíscuas, incluindo a sua personagem em Os Reis de Dogtown, também dirigido por Catherine Hardwicke. No início de 2006, ela apareceu na série The O.C., interpretando Sadie Campbell, um novo possível amor para o personagem Ryan Atwood. Reed não concordava com algumas coisas que The O.C. promovia, e alegou que apareceu na série apenas por conselho de seus agentes.

Em 2006 ela fez o filme Sedutora e Diabólica, que teve um lançamento limitado nos Estados Unidos em 14 de julho de 2006. No filme, Reed interpreta uma adolescente que, através da sedução, envolve o seu padrasto, numa trama para assassinar a mãe dela. Reed deixou claro que a sua personagem não "compreendia o peso das consequências", e que ela se beneficiava ao interpretar alguém que ela descreve como "estúpida". A sua personagem no filme, participa de cenas de sexo explícito, que foram filmadas a partir do ponto de vista das lembranças da personagem; Reed tinha 16 anos na época e, portanto, era legalmente incapaz de realizar cenas de sexo no filme de um modo mais explícito.

 

A 12 de Fevereiro de 2008, foi anunciado que Reed ia interpretar Rosalie Hale na versão cinematográfica de Crepúsculo, que foi dirigido por Catherine Hardwicke. Em Junho de 2008, Reed escreveu uma carta aos seus fãs, agradecendo-lhes pelo seu apoio através da polêmica que a rodeou; Reed, uma morena, interpretando Rosalie Hale, descrita como uma loira nos livros da série.

Durante uma entrevista radiofônica com Big O e Dukes of WJFK 1067, Jason Mewes afirmou que está a fazer um filme chamado K-11 com Reed e Kristen Stewart. O filme seria dirigido pela mãe de Kristen, e traz tanto Kristen quanto Reed como personagens masculinos.

Por mrsCullen às 14:59